Blog do MX Cursos

WordPress – Entenda os privilégios de cada função de usuários

WordPress – Entenda os privilégios de cada função de usuários

Um dos recursos mais incríveis do WordPress é a gestão de usuários. Através dele é possível gerenciar usuários e promovê-los em funções específicas dentro do blog ou site.

Cada função de usuários possuem uma atuação distinta dentro do Dashboard do WordPress, com restrições, acessos e poderes especiais a determinados locais da administração.

Usuários & WordPress

O WordPress posuí 5 funções de usuários. São elas

  • Super Gestor
  • Administrador
  • Editor
  • Autor
  • Colaborador
  • Assinante

Essas funções podem ser bem vistas e compreendidas nessa pirâmide que criei especialmente para nosso novo lançamento, o Curso de WordPress Professional.

WordPress

A ordem de poder desta pirâmide está de cima para baixo, ou seja, quanto mais alto estiver a função do usuário, mais poderes e acessos ele tem dentro do Dashboard.

Conhecer bem cada função é de suma importância para um gestor WordPress. Primeiro pela segurança, pois a probabilidade de você definir uma função de usuário incorretamente a um usuário básico será quase que nula.

Isso traz mais segurança para seu blog, visto que dependendo da função de determinado usuário ele poderá deletar todos os posts do blog, todas as páginas e ainda excluir todos os usuários, incluindo o Super Admin e Administrador.

Nossos cursos indicados

Antes de irmos mais a fundo nesse assunto, eu criei uma tabela que ilustra bem de forma bem intuitiva todos os privilégios de todos as funções de usuários no WordPress.

>>> Clique aqui e acesse a página especial <<<

Super Administrador

WordPress - SuperadministradorO Super Admin, ou Super Administrador é o usuário principal, é o mais poderoso e que detém acesso total a todos os recursos do WordPress.

Embora muita gente não conheça, se você já instalou um Blog WordPress, você já foi um Super Admin (Ou é até hoje). O Super Admin é nada mais, nada menos do que o primeiro usuário que você registra no sistema, ou seja, é aquele usuário que você registra no ato da instalação do WordPress (E que não necessariamente precisa ter o nome de usuário como “admin”).

Ele é registra no banco de dados com o ID zero e pode ser usado inclusive para recuperar a senha de acesso ao Dashboard WordPress caso você esqueça.

Mas como todo super herói tem uma fraqueza, com o Super Admin não seria diferente. Embora ele seja SUPER e essa coca-cola toda, ele pode simplesmente ser excluído por um Administrador simples.

O Super Administrador tem os mesmos privilégios e poderes que o Admin básico, com uma diferença: Ele possui poderes na gestão do WordPress MU. Pra quem não sabe o WordPress MU é a rede do WordPress, Networks ou simplesmente WordPress Multi-sites.

Com o WordPress MU é possível instalar vários blogs distintos em uma mesma instalação, evitando assim que os blogs sejam instalados separadamente.

Trazendo para nosso cotidiano, imagine uma empresa onde haja a necessidade da criação de um blog para cada setor (Marketing, Financeiro, Administrativo e TI).

Sem usar o MU, você teria que instalar um WordPress para cada setor, ou seja, seriam 4 Blogs, sejam instalados no mesmo banco (Como ensino no curso) ou em bancos distintos.

A vantagem do MU é que tudo fica gerenciável através do mesmo Dashboard, trazendo assim um centralizador de quantos blogs você desejar.

E o Super Admin se diferencia do Administrador pelo simples fato de ter total privilégios e poderes na rede, ou seja, ele pode criar novos sites no Multi-sites e gerenciar tudo dentro da rede e de cada site da rede.

Leia também  Temas WordPress - Melhores práticas para trabalhar no CMS

Veja abaixo os privilégios do Super Administrador:

Administrador

WordPress - AdminJá o administrador tem privilégios apenas nas suas instalações simples e não possui qualquer privilégio na rede ou em qualquer site da rede.

Ainda assim tem super poderes e acesso em todas as áreas do Blog WordPress.

Ele pode criar posts, páginas, criar, promover e excluir usuários, instalar e deletar plugins e temas entre diversos outros recursos.

O Administrador tem acesso a todas as áreas do Super Admin, com exceção dos itens referentes às redes.

Veja abaixo os privilégios do Administrador:

Editor

WordPress - editorO Editor, naturalmente, tem menos poderes do que o Administrador e o Super Admin, mas tem grande relevância no blog, pois é o primeiro usuário na pirâmide sem funções administrativas.

O Editor pode Publicar, editar e excluir posts, páginas, criar, editar e excluir usuários entre diversos outros privilégios, mas diferentemente do Admin e Super Admin, não pode ter acesso a áreas administrativas como Gestão de plugins, temas e as configurações gerais do Blog.

Ainda sim, devemos ter bastante cuidado em promover um usuário à função editor, pois como citado acima ele possui privilégios de exclusão de itens essenciais e até mesmo usuários.

Veja abaixo os privilégios do Editor:

Autor

WordPress - AutorJá na função Autor, o WordPress começa a “cortar as asinhas” do usuário. Ele terá acesso a áreas de criação, mas ele poderá editar ou excluir posts apenas criados por ele mesmo, ou seja, ele não poderá gerenciar e sequer excluir posts criados por outros usuários.

Na pirâmide hierárquica também é o último usuário na sequência com acesso à biblioteca de mídias, ou seja, que pode enviar imagens, vídeos, áudios e outros arquivos para o servidor e/ou publicá-los nos posts.

O autor ainda não pode gerenciar páginas (Publicar, editar ou excluir).

Veja abaixo os privilégios do Autor:

Colaborador

WordPress - ColaboradoraJá o colaborador tem menos privilégios ainda. Ele possui apenas poderes em criar, editar e excluir posts, mas somente os posts criados por ele mesmo.

E você deve estar se perguntando “Mas ele não pode criar posts?”

E eu respondo: Criar sim, mas publicar, não! Quando o colaborador cria o post ele envia para revisão (avaliação/moderação).

colaborador

É possível observar na imagem acima que o botão muda de “Publicar” para “Enviar para revisão”.

E neste caso, apenas os usuários com funções superiores podem de fato publicar o conteúdo que fica na fila aguardando revisão, conforme imagem abaixo.

colaborador_listagem_posts

Veja abaixo os privilégios do Colaborador:

Outro detalhe importante é que o colaborador não pode enviar arquivos para o servidor e consequência publicá-los nos posts, mas uma saída paliativa (e não tão recomendada) é publicar arquivos de links externos e hospedados em outros servidores.

Assinante

WordPress - AssinanteO Assinante é a função de usuário mais básica no WordPress. Ele tem privilégios apenas ao seu perfil e só.

Esta função de usuário é muito comum quando você ativa a opção para que os usuários possam se registrar em seu site. Dessa forma, você determina que novos usuários registrados sejam incluídos automaticamente com a função de assinante.

Mas uma boa notícia é que ele pode ler posts privados. Será que serve de consolo? 😛

Veja abaixo o privilégio do Assinante:

Gostou do artigo? Compartilhe com seus amigos!

Um abraço e até a próxima!

Se você quiser se aprofundar mais um pouco, veja também esta vídeo aula que faz parte do meu novo curso de WordPress: