Blog do MX Cursos

Utilize o que o software te oferece e ganhe produtividade

Utilize o que o software te oferece e ganhe produtividade

Ao adotar um E-Commerce, ou CMS, muitas vezes encontramos dificuldade por não seguir as normativas criadas por esse software, tentando impor nossa própria maneira.

Padrões, para alguns podem parecer algo que engessa no nosso desenvolvimento, mas na verdade, deveria ser vista ao contrário, uma forma de termos uma base pra desenvolvermos, e ganhar produtividade.

Cada CMS, como WordPress, Joomla, Drupal, entre outros, existem suas normas, como Coding Style Guide,  ferramentas, pra conseguir melhor desenvolver soluções com eles.

Claro, o ideal seria um padrão homogêneo, como as PSR’s do PHP, na tentativa de coisas sejam legíveis, adaptativas, e fáceis de serem utilizadas por outras pessoas.

Adotar o manual do software é fundamental para que você não caia na armadilha de reinventar a roda. Muitas vezes, pela pressa, criamos soluções, que na verdade já existem na plataforma e está disponível para sua utilização.

Vamos pegar o WordPress. Muitas vezes queremos fazer uma limitação, pra exibir uma quantidade de palavras, muitas vezes usadas para realizar chamadas na home. O primeiro impulso é usando a função substr, pra você limitar os caracteres.

<?php 
  echo substr(get_the_content(), 0, 10);
?>

Com isso, você limita caracteres, que podem dá um problema porque pode cortar palavras.

Mas o WordPress te oferece uma função chamado wp_trim_words.

Nossos cursos indicados

<?php echo wp_trim_words (get_the_content(),10); ?>

Ou precisa exibir o tempo ocorrido da publicação, como exibir : publicado a 10 minutos. O WordPress tem a função human_time_diff.

Leia também  Qual arquivo controla o quê no Magento? Arquivos de Layout XML.

Esses são só alguns exemplos, que você encontrará muitas vezes em vários softwares que você for trabalhar.

Claro, terão momentos que será necessário criar algo mais personalizado, mas dê preferencia o que é oferecida pelo software.

Apesar dos exemplos sejam em PHP, você pode estender isso pra qualquer linguagem e plataforma. Reinventar a roda, às vezes pode ser necessário, mas utilizar os próprios recursos disponíveis te garante compatibilidade,  reuso e produtividade.

Então sempre consulte o manual, antes de tentar criar algo, pode ser que já tenha sido criado, e está disponível esperando você utilizar.