Blog do MX Cursos

Quais são as melhores práticas para fazer um e-commerce pelo WordPress?

Quais são as melhores práticas para fazer um e-commerce pelo WordPress?

Atualmente, o WordPress é o maior CMS (sistema de gerenciamento de conteúdo) do mundo. Apesar da sua fama com os blogs — e mais recentemente com os sites — a ferramenta é também uma boa opção para quem quer iniciar sua loja virtual. Sim, você leu certo, é possível usar o WordPress para e-commerce!

O sistema atrai os usuários por ser fácil de trabalhar, possibilitando que até os menos experientes se arrisquem a mexer na plataforma. Por outro lado, o código livre permite que os profissionais materializem os projetos mais elaborados.

Outro ponto que ajuda bastante na decisão de quem quer montar seu e-commerce no CMS é que o WordPress em si é gratuito. Sem falar nos recursos disponíveis que facilitam tanto a administração da loja quanto a navegação dos clientes.

Neste post, selecionamos algumas dicas sobre quais são as melhores práticas para fazer um e-commerce pelo WordPress. Confira!

Dimensione o seu projeto de loja virtual

O WordPress possui ferramentas completas para montar o e-commerce, mas não comporta operações complexas demais e com muitos recursos. Por isso, é importante dimensionar o seu projeto para saber se o CMS vai ou não atender às suas necessidades.

Resumindo: para começar a sua loja virtual profissional o WordPress é uma ótima escolha, mas se a ideia for desenvolver funções específicas e especiais, o melhor é buscar uma plataforma mais robusta.

Conheça as funções disponíveis no WordPress para e-commerce

Quer saber se o seu projeto de e-commerce pode ser executado no WordPress? Então, atente-se ao que a plataforma oferece e veja se está dentro dos seus planos:

  • Integração com o PayPal, PagSeguro, Bcash e MOIP.
  • Plugin de frete pelos Correios.
  • Templates avançados para e-commerce com recursos especiais.
  • Incorporação de ferramentas de Cross Selling e Up Selling.
  • Painel de gerenciamento completo de e-commerce: vendas, estoques e pagamentos.
  • Ferramentas que auxiliam no SEO da loja virtual.
  • Painéis de monitoramento e conversões.

Escolha o plugin mais adequado

WooCommerce

A ferramenta é gratuita e integrada ao WordPress. Ela transforma o sistema em um gerenciador de e-commerce completo. Tem capacidade para aceitar: cartão de crédito, PayPal, transferência bancária e dinheiro na hora da entrega.

Nossos cursos indicados

Shopp

O plugin é pago e tem bastantes funcionalidades. Possui boas opções de segurança, de formas de pagamento e um painel administrativo bastante completo.

WP E-commerce

A extensão de e-commerce é a mais famosa do WordPress. Ela é gratuita e elogiada pelo lado técnico. Tem integração com vários sistemas de pagamento e com os Correios.

Shopper Press

A ferramenta é open source e possui temas para WordPress gratuitos. Além disso, conta com integração com o Adsense, importação de material da Amazon e do Ebay, e outros recursos extra.

Atente-se aos custos para montar a loja virtual

Ter um e-commerce pelo WordPress é mais barato? Sim! Porém, apesar da ferramenta ser gratuita, há gastos para montar a loja virtual na plataforma. É preciso comprar um template, o domínio do site e fechar um plano de hospedagem — isso sem falar nos plugins pagos. E para quem não entende realmente nada, talvez seja necessário contar com a ajuda de um profissional.

Quer saber tudo sobre como montar seu site WordPress para e-commerce? Então confira o nosso curso sobre lojas virtuais com WordPress e-commerce!

O MX Cursos já está na Black Friday.