Blog do MX Cursos

Magento – 5 dicas essenciais para utilizar

Entre todas as ferramentas de e-commerce disponíveis, o Magento se destaca como a plataforma de e-commerce de código aberto mais popular e reconhecida no mercado. Com mais de 150.000 lojas vendendo através do Magento, a plataforma já é considerada umas das melhores opções para desenvolvimento de lojas virtuais no mundo. 

Nesse post, você vai entender por que o Magento faz tanto sucesso e ainda vai aprender algumas dicas para que você comece a desenvolver suas próprias lojas virtuais. Vamos lá?

Por que usar o Magento?

Uma das principais vantagens desse software é, sem dúvida, sua grande quantidade de recursos avançados que permitem criar uma loja completa com o que há de melhor no mercado. Além da vasta quantidade de recursos próprios, é possível adicionar qualquer funcionalidade à ferramenta por meio de módulos.

Outra vantagem são os temas, que permitem a personalização da loja de maneira rápida e prática. Além disso, a plataforma é muito segura e estável, conta com recursos avançados de SEO que permitem melhorar o rankeamento no Google e possui uma comunidade ativa de usuários e desenvolvedores que estão sempre trabalhando para melhorar o software.

No entanto, mesmo sendo uma ferramenta intuitiva, pode levar um certo tempo até que você consiga dominar as principais funcionalidades. Assim, listamos 5 dicas para você começar da maneira certa.

1. Instalando o Magento

Antes de qualquer outra coisa, você precisa instalar o Magento em um servidor. Baixe a ferramenta neste link e descompacte os arquivos na pasta raiz do servidor de hospedagem contratado ou crie um servidor local em sua máquina utilizando softwares como o Wamp.

O processo de instalação é bem simples e direto. Concluído esse processo, procure por pacotes de tradução para o português (você pode encontrá-los no Mario Sam), pois isso pode facilitar muito a sua vida caso tenha dificuldades com o inglês.

2. Explorando a ferramenta

Uma vez instalado, chegou a hora de se familiarizar com ele e entender suas possibilidades. Navegue pelo painel de controle, entenda o catálogo de produtos e suas características, o multi-lojas, as categorias, etc.

Essa é a hora de conhecer cada ferramenta e de entender como elas funcionam. Não há maneira mais fácil e rápida de se familiarizar do que experimentando todos os seus recursos e pesquisando muito sobre eles.

3. Testando os temas disponíveis

MagentoDepois de aprender a utilizar os principais recursos do Magento, é hora de trabalhar com os temas. Baixe alguns temas gratuitos e reserve um tempo para aprender como instalá-los e como configurá-los corretamente.

Não é difícil, mas algumas regras — como a estrutura dos temas e das hierarquias — precisam estar claras.

4.Trabalhando com os módulos

Uma grande facilidade do Magento é a possibilidade de incluir módulos. Eles são pacotes de código que têm diversas funcionalidades, como calcular frete, meios de pagamento, integrar sua loja às redes sociais etc.

Você precisa aprender como baixá-los no Magento Connect e configurá-los para funcionar corretamente em sua loja.

5. E, por fim, continuando o aprendizado

Depois de compreendidos esses pontos principais, você ainda precisará dedicar um tempo estudando sobre ferramentas de promoções e de descontos, relatórios, e-mails, grupos de clientes, entre outros recursos que serão fundamentais no dia a dia de seu e-commerce.

O que você achou dessas dicas? Ficou alguma dúvida? Para receber gratuitamente muitos outros materiais incríveis, se inscreva em nossa newsletter!