Blog do MX Cursos

E-Mail Marketing – 5 dicas para bombar suas campanhas

E-Mail Marketing – 5 dicas para bombar suas campanhas

Enviar Newsletters é tão simples como instalar um Blog WordPress. Com inúmeros serviços e plataformas disponíveis, trabalhar com E-mail Marketing se tornou algo possível com poucos cliques. Porém, usar a melhor plataforma e ter uma base grande não significa obter sucesso com suas campanhas de E-mail Marketing.

Para ajudá-lo nesta missão, listo 5 dicas essenciais para você obter maior performance em suas campanhas de e-mail marketing.

Vamos lá?

1. Segmente sua base

Segmentar base significa alocar seus leads em um grupos relacionados à assuntos que eles desejam saber ou até mesmo dar um “check” sobre determinado assunto que lhes interessam.

Se um visitante acessa seu blog ou site, você pode configurar os formulários de capturas de e-mail para que o usuário seja alocado em determinada categoria ou receba um “check” sobre determinado assunto. Tá difícil entender, né? Vou exemplificar!

Suponhamos que você possua um blog de culinária e neste blog possua diversas categorias como: Frutas, Verduras, Carnes, Aves, Peixes, etc…

Na sidebar da categoria “Peixes”, você poderá inserir um form configurado para que ao se cadastrar, o usuário seja alocado no grupo “Peixes” em seu sistema de E-mail Marketing.

Desta forma, sempre que você for enviar uma newsletter, poderá ser mais assertivo, já que enviará para este usuário conteúdo relacionado ao seu interesse, no caso, Peixes.

Nossos cursos indicados

Mas trabalhar usando Grupos, embora seja uma maneira paliativa de segmentar bases, não é a mais eficaz e recomendada. Isso por que o usuário pode ter mais de um gosto, não é verdade? Ele pode gostar de peixes, frutas, carnes, etc.

Dessa forma, a maneira mais correta é configurar para que este usuário receba um “check” de opção “Peixes” ao se cadastrar. Isso permite que ele receba outros “checks” caso se cadastre em outro form em outras categorias do site ou atualize suas preferências através do update profile de sua plataforma de E-Mail Marketing.

No exemplo abaixo, podemos observar como trabalhar com opções para segmentar é a maneira mais otimizada e correta.

E-Mail Marketing - Grupos ou Opções?

Dessa forma, você evitará que um mesmo usuário esteja alocado em mais de um grupo e poderá facilmente segmentar os envios de forma mais eficaz.

Quais vantagens de segmentar base?

Existem inúmeras vantagens em trabalhar com bases segmentadas. A primeira delas é trabalhar a qualidade de sua lista e não a quantidade. Quando você segmenta sua base, você envia menos e-mails para menos usuários. Isso torna sua ação mais assertiva e dependendo do plano contratado na plataforma de E-mail Marketing, poderá ocasionar em uma redução considerável no custo de envio, já que algumas empresas cobram por e-mails enviados.

Outras vantagens que podemos destacar são: Diminuição nos Bouces, redução nos descadastramentos (Optouts), aumento dos Views e Clicks em suas peças e assertividade em suas ações.

2. Cuidado com conteúdo do e-mail

Alguns provedores de e-mail bloqueiam conteúdos que utilizam determinadas palavras ou uso em demasia de imagens. Isso poderá arruinar suas estratégias de e-mail marketing.

A presença de palavras como “Marketing”, “Compre agora” e “Clique aqui” em suas peças de e-mail, por exemplo, podem resultar em um mal aproveitamento de sua campanha, fazendo com que poucos e-mails cheguem nas caixas de entrada de seus destinatários.

Na Dinamize, por exemplo, caso algum e-mail contenha uma dessas palavras, você é alertado e orientado a alterá-las. Porém, não são todas plataformas de E-mail Marketing que usam este recurso de alerta.

Caso a empresa contratada para gerenciar suas campanhas de E-Mail Marketing não possua este recurso, há uma maneira de se precaver quanto a esses percalços. O Inbox Mail 360 é um site que permite você saber a qualidade e eficácia de seus envios. Com um custo mensal bem reduzido, você poderá efetuar envios testes e saber se seus e-mails estão chegando em todas as caixas de entrada dos principais provedores de e-mail como Hotmail, Yahoo, GMail, entre outros.

Como o sistema é testado em produção, você poderá ter máxima exatidão sobre o aproveitamento dos seus envios e efetuar melhorias em suas peças de e-mail com a finalidade de deixá-las perfeitas para o envio sem quaisquer riscos de irem para as caixas de spans de seus destinatários.

inboxmail

3. Limpeza de bases

Manter sua base limpa é outra dica indispensável. É comum que usuários desativem seus e-mails, percam seus domínios ou saiam da empresa onde trabalham. O resultado disso é uma enxurrada de e-mails que não recebem absolutamente mais nada, pelo simples fato de não existirem mais.

Para uma base, isso é bastante negativo, pois afeta seu Score. Quando você envia uma campanha e um destinatário não recebe sua newsletter, pode ser classificada de duas formas: Soft Bounce ou Hard Bouce.

Os Soft Bounce’s são erros temporários como caixa de e-mail cheia, erro no servidor ou qualquer instabilidade técnica temporária por parte do e-mail do destinatário. Já os Hard Bouce’s são falhas permanentes como e-mails inexistentes, e-mails digitados incorretamente, domínios inexistentes, entre outros.

Caso um e-mail sofra um número elevado de Soft Bouce (A quantidade depende de cada plataforma), ele passa a não receber mais e-mails de suas campanhas.

E para solucionar ou administrar esses problemas, veja algumas dicas.

Double Optin

O Double Optin é um recurso que força o usuário a confirmar inscrição em determinada lista. Isso faz com que você evite erros como cadastros incorretos, já que é bastante comum usuários digitarem seus e-mails incorretamente.

Limpeza de base

Existem algumas empresas que te ajudam nesta missão. A MailBoxLayer oferece integração com sua base e formulário de captura de leads através de sua API própria, expurgando e removendo contatos inválidos.

SafetyMails é outra empresa que presta serviço similar e pode melhorar e muito o score de sua base.

Administração de retornos

Quando você envia um e-mail, seja de seu provedor pessoal ou de uma plataforma de E-mail Marketing, você deve estar preparado para uma coisa: Receber respostas. Sejam elas humanas ou automáticas, acredite, elas sempre chegam.

Administrar esses retornos é de extrema importância, pois o destinatário poderá responder seu envio (mesmo que você use “noreply”). Outro comportamento comum é ser notificado por um destinatário que seu e-mail mudou ou que ele se desligou da empresa que trabalha.

Isso faz com que você possa gerenciar e ajustar esses contatos para que eles não se tornem futuros ofensores, ou seja, Hard Bouce’s.

4. Trabalhe Inbound Marketing

A ação se baseia na ideia de criação e compartilhamento de conteúdo voltado para um público-alvo específico, para conquistar a permissão de comunicar com seu público de forma direta criando um relacionamento que pode ser duradouro.

Expondo com mais clareza, Inbound Marketing é qualquer forma de marketing que visa ganhar o interesse das pessoas. Diferente da forma tradicional de marketing, o Outbound Marketing, que oferece diretamente produtos ou serviços aos clientes.

Fonte: http://marketingdeconteudo.com/o-que-e-inbound-marketing/

Resumindo, o Inbound Marketing permite que você trabalhe melhor o conteúdo em prol de atrair a atenção de seus usuários com conteúdos ricos e de qualidade. Antes de enviar uma oferta para sua base, que tal trabalhar envios estratégicos de conteúdos de seu interesse? Após alguns envios, você terá um usuário mais interessado em seu produto, conteúdo ou serviço e mais propenso a finalizar o seu objetivo que pode ser a compra de um produto, serviço ou conversão.

5. Use Automação de e-mail

A maioria das plataformas de E-mail Marketing usa recursos de automação, que nada mais é do que automatizar as ações de envio evitando um desgaste massivo de sua base. Com a automação, você poderá por exemplo, evitar que o mesmo usuário abra o mesmo e-mail seguidamente ou até mesmo receba e-mails que já recebeu.

A automação pode ser configurada como processos baseados em condições, fazendo com que o usuário só receba um e-mail baseado em sua ação relacionada ao e-mail anterior.

Isso faz com que você trabalhe com a inteligência do seu sistema, seja mais assertivo em suas ações e atinja em cheio leads propensos a finalizar seu objetivo da campanha, aumentando consideravelmente a qualidade das suas conversões.

E aí? Gostou das dicas? Já trabalha com algumas das técnicas e conceitos listados aqui? Deixe seu comentário e compartilhe com seus amigos!

Um abraço e até a próxima.

 

O MX Cursos já está na Black Friday.