MX Cursos

Diferenças entre Marketing de Conteúdo e Inbound Marketing

Diferenças entre Marketing de Conteúdo e Inbound Marketing

Também conhecido como Marketing de Atração, o Inbound Marketing é frequentemente confundido com o Marketing de Conteúdo, mas de maneira geral, podemos diferenciá-los da seguinte forma: enquanto o Marketing de Conteúdo tem por objetivo oferecer um conteúdo relevante ao leitor, podendo gerar resultados financeiros ou não, o Inbound Marketing, por sua vez, não foca exclusivamente no conteúdo, mas em outros pontos como a geração de leads comerciais e a nutrição deles para que, no futuro, fechem uma venda.

Assim sendo, ambas as estratégias estão interligadas e não são concorrentes entre si. Logo, podemos dizer que o Inbound é a “cabeça”, e o Marketing de Conteúdo é um de seus “braços”. Ainda não ficou claro? Então confira as próximas dicas sobre as etapas de aplicação de cada uma dessas estratégias:

Fases do Marketing de Conteúdo

  1. Definição de objetivos

Bom, a primeira fase do Marketing de Conteúdo consiste na definição dos objetivos específicos e globais. Nesta etapa, então, esses pontos são alinhados dentro do planejamento estratégico, de maneira que possam ser alcançados e mensurados posteriormente.

  1. Construção de personas

 Já a próxima fase consiste na construção de personas, com especial atenção à identificação de suas necessidades. Ademais é importante estar atendo aos pain points das suas estratégias, isto é, as falhas do processo de vendas para melhorar a experiência do usuário.

Construção de personas

Afinal, quando os pontos críticos ou fracos são identificados e analisados, torna-se mais fácil trabalhar as ações para que possíveis tropeços não voltem a acontecer. Ademais, vale ressaltar, que é nesta parte que você já deve começar a pensar, a partir do perfil criado, quais são as melhores estratégias para converter a sua persona.

  1. Produção de conteúdo

Agora, sem dúvidas, a etapa da Produção de Conteúdo relevante e útil é uma das mais importantes, afinal, ela é a essência desse tipo de estratégia. Assim sendo, é importantíssimo seguir uma linha editorial bem definida pela marca, inclusive, fazendo uso de conteúdos mais avançados, como storytelling, que como o nome deixa claro, consiste numa estratégia focada em “contar histórias”, mas de maneira relevante.

Esse método é capaz de promover o seu negócio sem que haja a necessidade de fazer uma venda direta. Em outras palavras, o storytelling tem um caráter muito mais persuasivo do que invasivo.

Nossos cursos online relacionados a este post

  1. Distribuição de conteúdo

Muito bem! A próxima etapa para a implementação de uma estratégia de Marketing de Conteúdo é pensar sobre quais são os canais ideais para distribuir o que foi criado – um dos focos do Inbound Marketing também, como você verá mais à frente!

A esse respeito, existem empresas que utilizam como tática a distribuição de conteúdo por diversos canais on e off-line, mas antes de o fazê-lo, é importantíssimo ter certeza de que o seu cliente em potencial se encontra por lá.

  1. Mensuração de dados

Por fim, organizar e analisar os dados das suas estratégias é essencial para medir a eficiência de cada uma delas.

Mensuração de dados

Dica: não deixe de calcular o seu Retorno Sobre Investimento (ROI)! Afinal, esta é uma das métricas mais importantes para toda a sua estratégia de Marketing de Conteúdo.

Conheça nosso curso online de Marketing de conteúdo e aprenda amplamente sobre as estratégias conceituais e práticas dessa área!

Vejamos agora as fases de implementação do Inbound Marketing, que consiste, basicamente em: atrair, converter, vender e mensurar.

Etapas do Inbound Marketing

  1. Atrair

Bom, na etapa de atração há a produção e distribuição de conteúdos relevantes, como e-books, artigos, infográficos, vídeos, palestras e outros formatos com o objetivo de atrair leitores por meio de ações de SEO, links patrocinados, divulgação em redes sociais e e-mail marketing.

  1. Converter

Assim sendo, na fase de conversão, o foco é aprofundar! Dessa forma, é preciso oferecer conteúdos mais personalizados para aqueles quem deixaram seus contatos para receber os conteúdos da sua empresa, isto é, o processo de geração de leads.

Dica: para essa etapa, vale a pena investir em landing pages com promoções relâmpago e conteúdos exclusivos.

  1. Vender

Muito bem! E se você seguiu todos esses passos da maneira certa, na próxima fase espera-se que as vendas aconteçam de maneira natural, pois sua empresa manteve-se em contato direto com o cliente, oferecendo-lhe conteúdos altamente relevantes para as suas necessidades e, por tanto, encontra-se numa fase de encantamento.

Vender

  1. Mensurar

Logo após o processo de venda é importante monitorar a relação do comprador com a marca, nunca deixando de nutri-lo com conteúdos relevantes, para que seja possível seguir cativando-o e gerando novos impulsos de venda para fidelizá-lo.

Dica: segundo os especialistas, o Marketing de Conteúdo “é o novo SEO e o coração do sucesso on-line”. Assim, ao produzir conteúdos, a empresa permite que as pessoas leiam ou assistam, compartilhem, tirem dúvidas e aprendam.

Portanto, uma estratégia de conteúdo que gera resultados demanda uma série de fatores, como: conhecimento profundo das características do seu futuro cliente; alinhamento com os objetivos do negócio; métricas bem definidas; diversidade de conteúdos para contemplar mais possibilidades de conversões via texto, imagem, som e etc.

Assim sendo, o Inbound e o Marketing de Conteúdo não devem ser consideradas como estratégias concorrentes, mas sim complementares. Para tanto, enquanto a primeira deve focar na atração, a segunda deve objetivar o encantamento.

Aprenda sobre os conceitos do Novo Marketing e como implementá-lo como estratégia para captação e fidelização de clientes em nosso treinamento online de Inbound Marketing

Tem alguma dúvida ou contribuição sobre o tema? Deixe nos comentários, será um prazer bater um papo com você! 😉

Clube de Cursos Clube de Cursos

Conheça nosso Clube de Cursos e potencialize suas habilidades em Produção e Edição de Vídeos, Design, Marketing Digital, Programaço, WordPress, 3D e Modelagem, Motion Graphics e muito mais!

CONHEÇA O CLUBE