Blog do MX Cursos

Como definir prazos de freelancer sem perder a cabeça

Como definir prazos de freelancer sem perder a cabeça

Nos primeiros episódios do seriado The Flash, Barry Allen, personagem principal, ao tentar salvar vários civis num mesmo dia com seus superpoderes, gasta tanta energia que seu corpo o força a “desligar”. Ele desmaia e passa um susto nos seus colegas, Cisco e Caitlin, mas acaba descobrindo uma solução bem simples!

Assim também é com a vida de freelancer. Se você anda trabalhando em mil projetos com prazos estressantes, apertados, virando noites em claro e perdendo a cabeça, está na hora de solucionar isso!

Como definir prazos de freelancer sem perder a cabeça

Para conseguir manter sua qualidade de produção e profissionalismo sendo freelancer, é preciso saber muito bem como definir prazos de projetos. Confira a seguir nossas dicas de gerenciamento e pare já de deixar isso prejudicar o seu trabalho!

1. Noites em claro? Não é uma alternativa

Está na hora de aprender a dimensionar melhor seus projetos e parar de sacrificar o seu sono — e até mesmo a sua saúde! — por conta de trabalho! Não adianta fechar vários projetos pensando na grana, é preciso levar em conta que você é um ser humano com limites físicos e psicológicos.

Além disso, o seu tempo de trabalho não é todo dedicado à produção. Você tem que levar em conta tempo para checar e-mails, fazer e enviar orçamentos, atender clientes, deslocar-se para reuniões, apresentar versões dos projetos, fazer modificações, etc. Siga a deixa do Barry Allen: o calendário tem que ser seu Cisco Ramon, enquanto a agenda atualizada, sua Caitlin Snow.

2. Prazos ineficientes? Defina prioridades

Você fica perdido sempre que precisa determinar prazos? Primeiro, experimente pensar no nível de importância do projeto para dar a prioridade necessária à ele quando for adicioná-lo ao seu calendário.

Depois, no caso de materiais que precisam ser terceirizados, é importante que você trabalhe com fornecedores de confiança. Ainda assim, desconfie de prazos muito longos ou muito curtos estabelecidos por eles, e sempre considere variáveis, como o tempo de impressão ou a demanda dos fornecedores, no prazo passado ao cliente.

Nossos cursos indicados

E se o escopo do projeto acabar se mostrando maior do que o esperado? Sem desespero! Nada de querer voltar a virar noites em claro. Não tenha medo de conversar com seu cliente, nem de valorizar o seu trabalho. Se for necessário gastar mais energia no projeto, você vai precisar ajustar o preço e o prazo combinados.

3. Cada vez mais projetos? Saiba dizer não

O próprio Flash às vezes passa por apertos quando mais de uma treta acontece ao mesmo tempo em Central City. No caso dos freelancers, é preciso saber escolher. Não vá pensando que recusar trabalho te diminui como profissional: na verdade, é exatamente o contrário.

Saber que você precisa dedicar seu tempo somente aos projetos que já possui, por exemplo, significa maturidade profissional. Você vai trabalhar melhor e assim será cada vez mais reconhecido e bem remunerado, e ainda desmente a ideia de que os freelancers são uma mão de obra barata e desesperada.

Além disso, saiba dizer não a clientes que atiçam seu mau pressentimento. Se desde o primeiro contato você já percebeu que a pessoa não é muito comprometida, ou valoriza pouco o seu trabalho, é melhor evitar a fadiga.

4. Atrasou? Lide com isso

Bom, a gente já citou aqui várias formas de evitar perder a cabeça — e o prazo — na vida de freela. Mas se mesmo depois de planejar horários, definir um prazo razoável, e não se sobrecarregar, algum imprevisto acontecer e o projeto ficar atrasado, existem dois caminhos a se tomar.

O primeiro (e menos indicado) é fazer hora extra para finalizar o projeto a tempo. Isso só vale para aqueles que não forem extremamente elaborados, que dão uma abertura para uma agilidade maior, e que não têm muita chance de ser prejudicados por isso.

Mas se for um projeto grande e importante, que exija mais atenção, é sempre melhor ser humilde e transparente com seu cliente. Assim que perceber que o atraso vai ser inevitável, entre em contato com ele, explique-se da forma mais profissional possível, e peça, com gentileza, uma extensão do prazo.

Gostou das nossas dicas sobre como definir prazos de projetos? Aproveite para disseminar essas informações aos seus colegas freelancers e compartilhe este post nas redes sociais!

QUER POTENCIALIZAR SUAS HABILIDADES EM SOFTWARES E SEGMENTOS DO PRESENTE E DO FUTURO?

CURSOS ONLINE