MX Cursos

CPC ou CPA: qual é a melhor estratégia de lance para o seu negócio?

CPC ou CPA: qual é a melhor estratégia de lance para o seu negócio?

Embora o Custo Por Clique (CPC) seja uma estratégia muito inteligente e recomendável, muitos profissionais acabam utilizando apenas esse tipo de lance em suas campanhas por desconhecimento de outras estratégias. Umas das melhores, inclusive, é o CPA, cuja sigla significa Custo Por Aquisição, e vem trazendo resultados excelentes para diversos anunciantes! Quer saber mais sobre esse tipo de estratégia de lance do Google Ads? Então continue lendo! 😉

Quem pode utilizar o CPA?

Pois bem! Após 15 conversões ou mais na sua conta, em um período de 30 dias, o Google Ads disponibilizará o CPA como opção de estratégia de lance para os seus anúncios.

Entretanto, esse tipo de estratégia ainda gera muitas dúvidas, como:

1ª Se eu já estou usando o CPC, e estou tendo bons resultados, devo migrar para o CPA?

2ª Ao utilizar o CPA como estratégia de lance, eu pago por aquisição ou por clique?

Bom, antes de qualquer coisa, é importante destacar que, mesmo usando a aquisição, você sempre vai pagar por cliques. Mas então qual seria a diferença entre usar o CPC e usar o CPA?

Muito bem! Ao escolher o CPA como estratégia de lance, você dará autonomia à plataforma do Google para que ela use o machine learning, também conhecido como aprendizado de máquina, para fazer os melhores ajustes nas suas campanhas.

CPA

Por outro lado, se você só utilizar o CPC como estratégia será necessário monitorar campanha por campanha e lance por lance para ajustá-los manualmente.

Quando você tem uma ou duas campanhas apenas, esse processo é ainda é viável, mas quando o número de anúncios cresce, fazer esses ajustes por conta própria fica bem complicado!

Nossos cursos online relacionados a este post

Sem falar que, como o Google Ads realiza um leilão a cada busca na Rede de Pesquisa, os lances podem mudar dentro de minutos! Isso significa que o custo por clique que você colocou para estar na primeira página agora é X e daqui a pouco se torna Y – o que pode fazer com que você saia da primeira página.

leilão

Ou seja, dá bastante trabalho ficar monitorando o tempo inteiro esse processo, certo? Assim, utilizar o CPA é uma ótima maneira de otimizar o seu trabalho e os seus resultados.

Por que deve usar o CPA como estratégia de lance?

Bom! Com o tempo, a plataforma do Google Ads vai começar a mapear o histórico de conversões da sua conta, ao ponto de entender cada vez melhor o seu público e ser capaz de gerenciar suas campanhas com autonomia – aumentando e reduzindo os seus lances, de maneira automática, de acordo com as suas chances de converter.

Assim sendo, esse tipo de estratégia é essencial para quem quer otimizar os resultados das suas campanhas de anúncio com muito assertividade e eficiência.

Dica bônus! 🙂

Muitos anunciantes ainda têm muitas dúvidas sobre esse tipo de estratégia de lance. Sendo assim, listei aqui as perguntas mais frequentes que eu recebo sobre esse assunto!

1. Posso migrar direto para o CPA sem ter conversões suficientes?

Bom, poder você até pode, se o recurso já estiver habilitado, mas o grande problema é que o machine learning ainda não conhece muito bem o seu histórico e quem é o público que você deseja alcançar.

Então, a minha sugestão é “treinar” a máquina a partir dos ajustes manuais, depois migrar para um CPC otimizado e aí sim, trabalhar com o CPA!

2. Estou usando o CPC Otimizado e o meu orçamento diário esgotou muito rápido. O que eu fiz de errado?

Absolutamente nada! Isso é supernormal de acontecer, principalmente se você ativou o CPC Otimizado há pouco tempo, pois a plataforma ainda está aprendendo sobre o seu público, então, o custo tende a ficar um pouquinho mais caro no começo.

3. Como posso definir o valor ideal do CPA?

Sinceramente, não há uma regra! Mas você precisa refletir sobre o valor que está disposto a pagar por aquisição de cliente, ou seja, um valor que te dê lucro e que esteja dentro da concorrência do mercado ao qual o seu negócio faz parte.

4. Migrei de CPC para CPA e as vendas caíram! O que pode ter acontecido?

Por incrível que pareça, isso é mais comum do que você imagina, mas não precisa se desesperar! Esse tipo de queda se dá quando o histórico de conversões da conta ainda é insuficiente para que a inteligência do Google possa saber exatamente o que fazer para gerar os melhores resultados para a sua campanha.

Assim, volto a reforçar: quanto mais conversações você tem na sua conta, mais o Google Ads conhece o seu público. E eu não estou falando só do público que você impacta, mas principalmente sobre as pessoas que compram de você! Então, só faça essa migração na sua estratégia de lances, quando tiver um bom tempo como anunciante e uma conta com um amplo histórico de conversões. Combinado?

5. Posso comprar as palavras-chave do meu concorrente? E eu posso evitar que outro anunciante o nome da minha empresa?

Bom, o Google tem regras rigorosas quanto ao uso de nomes de concorrentes nos textos dos anúncios, principalmente se os proprietários solicitarem essa restrição. Assim, se você quiser impedir que a concorrência use sua marca para benefício próprio, você pode preencher um formulário de solicitação.

Agora, sobre o use palavras-chave relacionadas à concorrência, o Google afirma que “Não investiga ou restringe marcas registradas quando elas são usadas como palavras-chave”. Ou seja, o use é livre, mas o custo é bem alto e esse assunto ainda gera muita discussão entre os profissionais da área, pois essa prática não é considerada muito ética.

E você, tem alguma dúvida sobre esse assunto? Deixe seu comentário e vamos trocar uma ideia! 😉

Clube de Cursos Clube de Cursos

Conheça nosso Clube de Cursos e potencialize suas habilidades em Produção e Edição de Vídeos, Design, Marketing Digital, Programaço, WordPress, 3D e Modelagem, Motion Graphics e muito mais!

CONHEÇA O CLUBE