Blog do MX Cursos

Como criar cursos incríveis e cativar seus alunos

Como criar cursos incríveis e cativar seus alunos

Oi pessoal,

Recebemos diariamente diversas solicitações de professores e profissionais que desejam fazer parte do time docente do MX Cursos. Há critérios importantíssimos para que o candidato seja de fato efetivado para tal função.

O MX Cursos está no mercado de ensino a distância desde 2007 e de lá para cá vem analisando minuciosamente os passos de nossos alunos, suas preferências e a forma ideal que eles desejam aprender.

Esse know-how nos fez entender como podemos produzir treinamentos cada vez mais eficazes, dinâmicos e eficiente em seu propósito.

E para desenvolver cursos incríveis com a qualidade ideal que nossos alunos desejam, criamos um material rico em informações que ajudarão os professores a desenvolverem treinamentos bárbaros.

Quer saber como criar cursos incríveis e cativar seus alunos? Então, vamos nessa!

Conhecendo o público alvo

O MX Cursos atua no mercado de treinamentos online desde 2007. Com cursos 100% em vídeo aulas, destaca-se em treinamentos voltados à ferramentas da Adobe como Premiere, After Effects, mas também em cursos de ferramentas OpenSource como Magento, WordPress, Opencart, entre outros.

Foi a primeira instituição brasileira a gravar um treinamento de Magento 100% em vídeo aulas.

Público alvo

Público jovem, técnico e eclético, que gosta de treinamentos que abordem desde a programação e ferramentas da Adobe.

Treinamentos indicados

Curso e Programação, Desenvolvimento, FrontEnd, Designer, Edição de áudio e vídeo, Photoshop, After Effects, Premiere, Illustrator, Blend, Maya, WordPress, Magento, Prestashop, Opencart, Marketing Digital, Lógica, C++, Java, entre outros treinamentos desse segmento.

 

Formatos

Os formatos dos treinamentos variam de acordo com o público. Em uma pesquisa recente, constatamos que 95% dos alunos preferem treinamentos em Vídeo Aulas. Portanto, esta mídia é a que oferece um maior retorno de satisfação do nosso público.

Existem três formas de desenvolver cursos em vídeo aulas: Vídeo Aulas para Cursos práticos, Vídeo Aulas para Cursos conceituais e Vídeo Aulas para Cursos Prático- conceituais.

O professor grava a tela do seu computador em tempo real e através de um headset, introduz também em tempo real a narrativa de todo procedimento que ocorre em tela. Esse tipo de criação é comum em treinamentos sobre softwares como Photoshop, Illustrator, Premiere, entre outros, mas também em treinamentos como PHP, Ruby on Rails, etc.

Neste caso, o professor também gravará sua tela, mas ao invés de gravar algum software, é gravado a interação durante uma apresentação, como Powerpoint ou Kynote.

O professor irá passar os sliders explicativos e também inserir a narração da aula através de um Headset.

Vídeo Aulas para Cursos conceituais

Neste formato, o professor intercala a gravação prática com a gravação conceitual (ou teórica). Essa integração pode ocorrer em uma mesma aula ou em módulos.
É muito comum que em um treinamento, professores intercalem módulos com vídeos práticos e vídeos conceituais (.ppt)

Vídeo Aulas para Cursos Prático-conceitual

Neste formato, o professor intercala a gravação prática com a gravação conceitual (ou teórica). Essa integração pode ocorrer em uma mesma aula ou em módulos.
É muito comum que em um treinamento, professores intercalem módulos com vídeos práticos e vídeos conceituais (.ppt).

Nota
É importante frisar que não há a necessidade do professor gravar a si mesmo. Apenas a tela do professor deverá ser gravada, facilitando assim a criação do treinamento.

A plataforma

Visão do aluno

Nós possuímos uma plataforma robusta e responsiva, onde os alunos podem estudar através de seus computadores, tablets ou smartphones.
Os alunos, ao comprarem um curso, terá acesso aos vídeos do treinamento pelo período de 1 ano. Durante este prazo, ele poderá ver e rever as aulas quantas vezes desejar, bem como postar dúvidas para os professores.

Visão do professor

O professor também possui uma área destinada aos professores dentro da plataforma. Através desse espaço ele poderá ver em tempo real seu subtotal de comissão,(tanto do mês vigente como histórico de todos os meses), e também terá acesso à gerência de seus cursos e sistema de suporte, onde responderá às dúvidas dos alunos.

Tempo de duração de cada vídeo aula

Essa dúvida é muito comum entre nossos novos professores. O tempo de duração de cada vídeo aula dependerá do enredo do conteúdo a ser passado.
É importante que o professor consiga em uma única vídeo aula concluir qualquer esclarecimento sobre o tema. Contudo, há um consenso de que vídeo aulas muito extensas podem causar desconforto entre os alunos e tornar o estudo desinteressante. Portanto, indicamos que cada vídeo aula não possua mais do que 45 minutos de duração.
Sendo assim, é de suma importância que os professores possam organizar o conteúdo programático considerando esta questão.
Quando o professor for criar o conteúdo programático do curso, caso constate que algumas aulas terão abordagem que passe esse tempo de 45 minutos, indica-se que essa aula seja dividida em partes, como por exemplo: 3_instalacao_parte_1.mp4 e 4_instalacao_parte_2.mp4.

Tempo de duração de cada curso

O tempo de duração do curso também varia de acordo com o treinamento. Quando um aluno vir o conteúdo programático de um curso antes de compra-lo, seu poder de decisão de compra pode ser afetado quando o treinamento possui poucas horas de duração.

Isso ocorre pelo fato do aluno relacionar o pouco tempo de curso com a qualidade e fluência do material.

Portanto, entendemos que, o treinamento deve ter um início, meio e fim e que seu tempo total variará de acordo com o que deve ser passado ao aluno, mas é importante tentarmos manter média de treinamentos entre 3 horas e 10 horas de duração. Quando o professor constatar que o curso ficará muito extenso, assim como na vídeo aula, indica-se que o curso seja particionado, como por exemplo: Curso de PHP Volume 1 e Curso de PHP Volume 2.

Mas como citado acima, é importante que se respeite a lógica do ensino do curso, fazendo com que o aluno aprenda, de fato, tudo que o curso se propõe.

Softwares indicados

Para gravação das vídeo aulas

Para a gravação das vídeo aulas, indicamos um software bastante popular chamado Camtasia Studio.
Com este software, o professor poderá gravar tudo que ocorre em seu computador, integrando a gravação da tela com a inserção voz, criando assim a narrativa de tudo que acontece em tempo real.
Após gravação, o professor poderá salvar arquivos nativos e ainda exportar o vídeo em .mp4, extensão recomendada.

O Camtasia está disponível para Windows e MAC, contudo, caso o professor utilize outro Sistema operacional, ele poderá gravar em um software compatível, desde que siga as premissas de qualidade e renderização descritas neste manual.

Download do Camtasia: Camtasia Studio

Nota
Recomendamos que ao gravar um curso, o professor não inclua em hipótese alguma itens como os listados abaixo:

1) Efeito de som de teclado do Camtasia
2) Efeito de sim de clica do mouse do Camtasia
3) Light do ponteiro do mouse do Camtasia
4) Música de Background
5) Quaisquer outros efeitos, seja de zoom, luz ou destaque

Ambiente para gravação

O fato de muitos professores estarem criando cursos em casa, não exclui cuidados extremamente importantes.
É imprescindível que o ambiente que o professor utilize para gravar não possua sons ou ruídos.
Barulhos de trânsito, animais, pessoas, músicas, entre outros, são detestáveis para quase que 100% dos alunos.
É importante que o ambiente esteja 100% silencioso para que o transcorrer do curso seja bastante limpo em sua sonoridade e que apenas sua voz se destaque durante o treinamento.

Headset para captação de voz

Indicamos ao professor a aquisição do headset Microsoft LifeChat LX-3000, um dispositivo com recursos incríveis e qualidade incomparável.

Nota
O Headset Microsoft LifeChat LX-3000 possui uma captação incrivelmente sensível. Sendo assim, é comum que ele capte respiração ou sopro do professor.
Para solucionar essas questões, posicione o microfone do headset apontado para frente e posicione-o acima do nariz.
Antes de começar o curso, teste-o bastante e se possível utilizando palavras com sons de “S” e “X” para analisar a eficiência do ajuste.
Em hipótese alguma emita sons ofegantes, principalmente quando algo não dá certo. Lembre-se de que você deve passar ao aluno segurança e satisfação por estar ensinando-o. Seja agradável!

Renderização dos vídeos

Abordagem e cuidados

Apresentação

Ao iniciar um treinamento, a primeira aula deve ser a última a ser gravada. A aula de apresentação, deve ser iniciada com a apresentação do professor, um breve histórico profissional.
Depois da apresentação, o professor deverá passar um resumo do treinamento, informando tudo que ele aborda e mostrando os pontos cruciais do curso.
Portanto, de preferência, essa aula deve ser gravada primeiramente apenas com áudio. Posteriormente, o professor irá integrar este áudio com partes do curso que já foram gravados.
Nota
Durante o treinamento, não inclua os sites do grupo em suas narrativas. Como um mesmo treinamento pode ser disponibilizado para mais de um site do grupo, é importante que ele seja totalmente desvinculado de apenas um site.

Exemplos de apresentação

Veja abaixo, um exemplo ideal para apresentação de um treinamento:
– Olá! Eu me chamo Antônio Fernandes e serei seu professor durante este treinamento de WordPress.
– Eu sou formado pela USP em Tecnologia da Informação e durante 5 anos fui diretor de tecnologia da WP Academy.
– Agora, espero poder fazer parte de sua capacitação profissional em um dos CMS’s mais usados no mundo.
– O WordPress é um CMS, sigla para Content Management System, ou simplesmente Sistema de Gerenciamento de Conteúdo, numa tradução livre…

Nota
Apesar de nossos treinamentos serem Online e não serem ao vivo, a ideia é fazer com que o aluno se sinta mais próximo possível do professor.

Você, professor, terá a missão de fazer com que o aluno se sinta próximo, como se você estivesse ao lado dele o ensinando.

E uma das medidas mais eficazes para isso é em hipótese alguma utilizar uma abordagem na terceira pessoa.

Forma incorreta de abordagem

– Eu vou ensinar a vocês como realizar o Upload. Vocês viram como é simples…

Pessoal, como ensinei na aula anterior…

Galera, a ideia desse treinamento é entender…

Forma correta de abordagem

– Eu vou te ensinar como realizar o Upload. Você viu como é simples…
– Bom, como ensinei na aula anterior…
– O que você deve entender é que a ideia desse treinamento é compreender…

Apresentações repetitivas

Mesmo que você grave as aulas do curso em vários dias, entenda que o aluno poderá ver esses vídeos em um único dia, horas ou até minutos.
Portanto, em hipótese alguma se apresente sempre no início de cada vídeo aula.
A apresentação deve ocorre apenas e somente na primeira vídeo aula do curso conforme citado anteriormente.
Essa repetição gera desconforto entre os alunos e em pesquisa recente foi sinalizado como item desconfortante e desnecessário.

Gírias

Apesar de ser mais do que óbvio, não poderíamos deixar de abordar. Em hipótese alguma utilize gírias durante o treinamento.
Use a linguagem formal, afinal de contas você é um educador e o exemplo na linguagem deve ser uma premissa indispensável.

Cuidado com o que aparece na sua tela

Pode ser bastante óbvio, mas é indispensável ser abordado nesse manual. Tome bastante cuidado com que aparece na sua tela. Seja em um wallpaper do seu computador, no histórico de navegação, histórico de favoritos, etc…
Lembre-se de que além de você, seu aluno também está vendo o que acontece em seu computador e convenhamos que ele pode não estar disposto a ver coisas que você talvez tenha visto.

Uma dica é criar um perfil de usuário em seu computador específico para treinamentos, ou então analisar minuciosamente “os rastros” de seus acessos, apagando históricos, wallpapers e favoritos.
Também é importante frisar que de maneira alguma um concorrente nosso deverá ser lembrado durante o treinamento, seja para falar bem ou para falar mal.

Use o bom senso, a ética e o respeito.

Softwares piratas

Não compactuamos com nenhuma ação que envolva softwares piratas. Portanto, em hipótese alguma sugira aos alunos que usem softwares não originais.

Síndrome do Robô

O equilíbrio na forma que o treinamento é ministrado fará toda diferença na hora do aluno avaliar seu eu desempenho como professor.

Lembre-se, você não é um robô! Não precisa falar como um robô, de forma mecanizada como se todo o treinamento fosse um script pronto e lido.

Tente fazer como se fosse um bate-papo entre você e seu aluno, algo natural e normal dentro de uma comunicação, mas com a diferença de que o aluno não vai lhe responder naquele momento, claro!

Mas tome cuidado e não sinta-se íntimo do seu pupilo. Não brinque em demasia. Foque no conteúdo que você deseja passar e na compreensão que ele deverá ter sobre todo material abordado.

Como tratar erros inesperados

Quando se ministra um curso que aborde algum software, linguagem de programação ou qualquer tarefa programada, é natural ocorrerem erros que não estavam dentro do previsto.

E você como educador deverá ter a sensibilidade na tomada de decisão se deve ou não cortar este erro e/ou regravar aquela parte da aula. Lembre-se de que muitas vezes, mostrar a solução de eventuais problemas pode ser a forma mais eficaz de preparar seu aluno, pois certamente ele também passará pelos mesmos problemas.

Organizando o material

Salvando as vídeo aulas

Atualmente, a nossa plataforma de ensino não dispõe de recurso para um envio das vídeo aulas por parte do professor.
Dessa forma, o professor deverá enviar as vídeo aulas para que nossa equipe possa cadastrá-las no servidor streaming e integrá-la na plataforma.
Para que haja rapidez e eficiência nesse procedimento, é de extrema importância que o curso como um todo esteja bem organizado.

A hierarquia de organização deve seguir a seguinte regra:

– Pasta principal com nome do curso
– Pasta de Arquivos do curso – Pasta dos módulos
– Módulos
– Vídeo aulas numeradas

 tela1
Nota
A pasta de arquivos do curso conterá arquivos utilizados durante o treinamento e que sejam essenciais para que os alunos possam usar durante o treinamento.
Esses arquivos serão compactados e disponibilizados aos alunos para download dentro da plataforma.Em suma, são arquivos e materiais complementares.
As vídeo aulas devem ser organizadas de forma numerada e o nome das aulas devem ser separados por underline ou travessão e não devem conter caracteres especiais.

Forma de envio do curso para nossa equipe

O professor deverá compactar a pasta principal do curso (.rar ou .zip) e enviar para nossa equipe através de um compartilhador de arquivos como WeTransfer, DropBox ou Google Drive.
Caso o curso tenha um tamanho superior ao tamanho máximo permitido por envio de um dos serviços listados acima, divida-o em partes conforme configuração do compactado, como é o caso do Winrar.

Suporte

Resposta às dúvidas dos alunos

As dúvidas dos alunos devem ser respondidas pelos professores em um prazo de 24hs em dias úteis. Essa resposta é postada dentro da plataforma de ensino.
O aluno, por sua vez, só pode postar uma dúvida de cada vez em cada aula. Ele só poderá postar outra dúvida na mesma aula caso o professor tenha respondido.
O professor recebe um alerta em seu e-mail com a dúvida do aluno e deverá logar na sua conta de professos na plataforma para responder às dúvidas.
Nota
A resposta aos alunos dentro do prazo é uma ação eficiente que converte novas vendas, ou seja, quanto mais atenção e rapidez o professor der ao aluno, quanto mais ensino e soluções forem oferecidos, maior será a probabilidade desse aluno ser fidelizado, comprar outros cursos deste professor e disseminar a qualidade do curso e do rápido suporte.

 

 

O MX Cursos já está na Black Friday.