Blog do MX Cursos

As 6 melhores dicas de como usar o Adobe InDesign

Avaliar post

O InDesign é o carro-chefe da Adobe quando falamos de editoração eletrônica e suas possibilidades são — basicamente — ilimitadas. Assim, gastamos um tempo que poderia ser mais bem aproveitado, uma vez que não conhecemos direito todos os recursos que o programa oferece.

Para contornar essa situação, acompanhe o post de hoje, pois vamos apresentar algumas dicas de como usar o Adobe InDesign da melhor forma e ser mais produtivo. Olha só:

Prepare seu arquivo primeiro

Ao clicar em “new document”, aparecerá uma janela para que você configure seu arquivo. Aproveite e já prepare seu documento a fim de ganhar tempo, selecionando se o material é para impressão ou para a web, tamanho e número de páginas, orientação do papel (retrato ou paisagem), número de colunas, margens e sangria.

Configure a página mestre

A página mestre é um dos principais recursos para otimizar seu tempo no InDesign, já que você pode configurar uma única vez informações que precisam estar em todo o layout — grid, cabeçalho, rodapé, número da página e títulos —, fazendo com que esses elementos apareçam automaticamente em múltiplas páginas. Para configurar, é só clicar duas vezes em “A-Master”.

Salve seu espaço de trabalho

Outro modo de otimizar seu tempo é personalizar seu espaço de trabalho (workspace) e salvá-lo. Assim, toda vez que abrir o programa, ele estará lá pronto para ser usado, sem a necessidade de ficar ativando as ferramentas novamente no menu “window”.

Quando terminar de selecionar suas janelas e de personalizar seu espaço, é só clicar na setinha ao lado do campo de busca no menu superior e escolher a opção “new workspace”.

Controle a hifenização

Muitas vezes, trabalhamos com textos justificados e precisamos ficar de olho na hifenização para manter a estética da diagramação. Neste caso, em vez de forçar a quebra da linha manualmente, é melhor automatizar o processo. Para tanto, é só usar os seguintes procedimentos:

  • Selecione a palavra e aplique o atributo “no break”, na janela “caractere”;
  • Em “discretionary hyphen”, adicione um hífen condicional na frente da palavra;
  • Inclua a palavra no dicionário do InDesign e aplique um ~ (til) na frente dela.

Justifique melhor o texto

Ainda sobre textos justificados, há uma maneira bem prática de melhorar a aparência deles com o objetivo de deixar sua diagramação ainda mais fluida. Para isso, acesse a categoria “justification”, na janela “paragraph” e aplique as configurações a seguir:

  • Em “word spacing”: 80%, 100%, 120%;
  • Em “letter spacing”: -5 %, 0% , 5%;
  • E em “glyph scaling”: 98% , 100%, 102%.

Abuse dos atalhos

Muitas vezes, perdemos muito tempo indo e vindo na hora de selecionar as ferramentas. Sendo assim, para otimizar sua produtividade é recomendado que você utilize sempre os atalhos.

Entre os mais comuns estão: pressionar a barra de espaço para se locomover melhor no layout; “Ctrl + scroll do mouse” para dar zoom in e zoom out; e “Shift + w” para ativar o modo de visualização. Há uma variedade enorme de atalhos que ficaria inviável listar todos aqui. No entanto, você pode acessar esse link e conhecer os principais.

Como dissemos, o InDesign oferece infinitas possibilidades e, para conhecer todas elas, é fundamental que você faça um curso especializado — inclusive, no conforto da sua casa, por meio de uma plataforma online.

E aí, preparado para entrar nessa e saber como usar o Adobe InDesign como ninguém? Se ainda houver qualquer dúvida, não deixe de comentar!

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.

Newsletter

Newsletter

Receba em seu e-mail conteúdos semanais sobre desenvolvimento, design, audiovisual e tecnlogia.

Inscrição realizada com sucesso!