Blog do MX Cursos

Afinal, ainda faz sentido aprender e fazer um curso de PHP?

Afinal, ainda faz sentido aprender e fazer um curso de PHP?

O PHP é uma linguagem de programação utilizada para desenvolvimento de aplicações web. Várias plataformas que acessamos cotidianamente foram desenvolvidas em PHP, principalmente lojas virtuais, sites de conteúdo, blogs etc. O PHP é grátis, constantemente atualizado e orientado a objetos.

Fazer um curso de PHP é uma ótima escolha para entrar no mercado de desenvolvimento ou diversificar suas habilidades enquanto desenvolvedor.

Imagine desenvolver softwares robustos que vão desde um website com cadastro de clientes até a criação de redes sociais com vários recursos para os usuários! Com o PHP, você pode! As aplicações desenvolvidas nessa linguagem são facilmente integradas a outras tecnologias por meio de APIs.

Além de processar HTML, ele possui funções nativas para gerar documentos em PDF e textos em formato XML, JSON e XHMTL. Pode ser usado também para criar aplicações que gerenciem arquivos e se conectem a múltiplos bancos de dados.

No servidor, como Webserver para controlar o acesso às aplicações em PHP, pode-se usar além do Apache, o NGinx.

Afinal, ainda faz sentido aprender e fazer um curso de PHP?

O que é preciso para aprender PHP

Basicamente, um computador que dê para instalar um Webserver (o mais utilizado para PHP é o Apache), instalar o PHP e o Mysql.

É muito fácil encontrar na web instaladores que deixam bem mastigado o processo. Para Windows, Linux e OS X (Mac), o XAMPP insere tudo o que se precisa para o PHP rodar na máquina. É possível também instalar por meio de linha de comando.

Nossos cursos indicados

Linguagem muito utilizada no mercado

Para aumentar as vendas facilitando o acesso dos consumidores aos seus produtos, grande parte do varejo aderiu ao comércio virtual. Muitos serviços também são vendidos por meio da web — como alimentação, financeiro, consultoria etc.

Além disso, o marketing de conteúdo entra como uma forte estratégia de atração e fidelização de clientes por meio de blogs cujos posts ajudam a explicar sobre seus produtos e consolidar a marca.

Em todos esses tipos de projetos utiliza-se PHP. Grande parte dos blogs e lojas virtuais atualmente existentes são criados em PHP, pois as soluções de e-commerce e CMS mais usadas no mercado, como WordPress e Magento, são escritas nessa linguagem.

Algumas aplicações e alguns sites muito conhecidos na web também utilizam esse programa, como o Facebook, a Wikipédia e o Yahoo.

Estratégia da empresa para atuação na web

As ferramentas mais utilizadas na internet para criação de blogs, lojas virtuais, cursos on-line, wikis e sites de conteúdo, em geral, são baseadas em PHP.

As mais populares são:

Criação de blogs e sites de conteúdo

Lojas virtuais

Plataformas de CRM para gerenciamento de relacionamento com o cliente

  • Zurmo
  • Sugar CRM

Cursos on-line

  • Moodle

Redes sociais

  • Elgg

Com PHP, é possível criar aplicações completas e de alta performance para a web. Ele é continuamente atualizado e está na versão 7.1.

Frameworks ricos em funcionalidades

Frameworks são bibliotecas de código que ajudam a reduzir o tempo para criação de software com modelos de negócio mais complexos. Uma vez adicionados ao projeto, facilitam a criação de inúmeras funcionalidades, que são comuns em aplicações como:

  • login e autenticação;
  • envio de e-mail;
  • gerenciamento de sessão;
  • gerenciamento de arquivos;
  • bibliotecas para integração com banco de dados.
Leia também  CMS Flat File - Crie sites de maneira fácil e rápida

Existem vários frameworks criados em PHP com ampla comunidade de usuários, documentação e tutoriais sobre como utilizá-los.

Alguns exemplos:

Não esqueça que o uso de frameworks deve ocorrer preferivelmente após um bom controle da linguagem e da dominação dos conceitos de orientação a objetos.

Desenvolvimento de APIs

Os APIs são softwares que fazem a integração entre diversos sistemas pela web. Por meio delas, são compartilhadas informações e recursos de uma determinada aplicação via http. Assim, um serviço se torna escalável, pois fica disponível para usuários em todos os lugares com acesso à internet.

Com PHP apenas ou usando um dos seus frameworks, pode-se desenvolver APIs ricas em funcionalidades. Desse modo, ao se criar um aplicativo móvel, por exemplo, ele pode acessar informações em uma base de dados remota e compartilhar informações — tudo isso por meio de serviços disponibilizados por APIs.

Linguagem multiplataforma

É possível desenvolver aplicações em PHP nos sistemas operacionais Windows, Linux e Mac. Do mesmo modo, para hospedar as aplicações web criadas, tanto pode-se utilizar servidores Linux (Ubuntu, Debian etc.) como Windows (Windows Server).

Integração com bases de dados

A maioria das aplicações web em PHP tem seus dados armazenados no Mysql. Entretanto, existem drivers e APIs que também podem ser utilizados:

  • bases SQL e SGBDs: Mysql, PostGree, Microsoft SQL Server, Oracle, Firebird, Sql Lite;
  • bases NoSql: MongoDB, Elasticsearch.

PHP é livre e grátis

Com PHP, não se paga por licenças e nem pela maior parte dos seus frameworks. Ele é constantemente atualizado e a documentação para uso da linguagem é extensa e fartamente disponível na web.

Ampla comunidade de usuários

É uma das linguagens com a maior comunidade de usuários. É muito fácil encontrar fóruns e grupos de discussão em diversas redes sociais. Dessa forma, é possível tirar dúvidas e se manter informado sobre desenvolvimento na web.

Um dos pontos legais disso é que facilmente se encontra tutoriais em vídeos no YouTube com inúmeras dicas para bombar sua aplicação.

Mercado de trabalho

Dada a versatilidade da linguagem e a quantidade de desenvolvedores, existem diversas empresas com alta demanda por profissionais com conhecimento em PHP.

Se você quiser atuar como freelancer, os sites Workana e GetNinjas possuem inúmeros jobs voltados para programadores PHP.

Baixa curva de aprendizado

O PHP não é considerado uma linguagem de difícil aprendizado para iniciantes. Para quem já desenvolve, conforme o conhecimento prévio em programação, html, e outras ferramentas de desenvolvimento, rapidamente aprende-se a trabalhar com o PHP, criando sistemas bem interessantes.

O mercado normalmente pede que os profissionais de PHP também conheçam Javascript, HTML e CSS — pelo menos o básico para o desenvolvimento de interfaces mais interativas.

Portanto, vale a pena aprender PHP! É uma linguagem muito utilizada, pois torna possível a criação de vários tipos de aplicações, além de ter seus diversos frameworks, CMS, CRMS e lojas virtuais nessa linguagem. Esses recursos abrem um grande leque no mercado de trabalho com possibilidades de atuação em empresas ou como freelancer.

E então, ficou interessado em fazer um curso de PHP e ganhar habilidades em programação web? Conheça os nossos cursos! Você vai encontrar as opções para quem precisa atuar em um mercado de desenvolvimento web, como os cursos PHP do básico ao avançado, PHP orientado a objetos e frameworks como Laravel e Codeigniter, além do tão utilizado e requisitado no mercado WordPress!

QUER POTENCIALIZAR SUAS HABILIDADES EM SOFTWARES E SEGMENTOS DO PRESENTE E DO FUTURO?

CURSOS ONLINE