Blog do MX Cursos

9 dicas do que não fazer no social media marketing

As marcas nunca estiveram tão próximas dos seus consumidores. Por meio do social media marketing, a comunicação empresarial deixou de ser aquela coisa chata que tenta empurrar produtos e serviços. A conversa se tornou uma via de mão dupla.

Por outro lado, muitas empresas estão usando as redes sociais de uma forma despreparada. Os erros e a má administração dos perfis e das fan pages comprometem o andamento das estratégias. Muitas vezes, podem até causar o efeito contrário, espantando o público em vez de criar um relacionamento mais próximo.

Por conta disso, trouxemos 9 dicas do que não fazer em uma estratégia de marketing em mídias sociais. Uma coisa é certa: isso vai fazer diferença no seu negócio.

1. Não planejar

Por mais que a comunicação precise de um tom informal, isso não significa que não seja planejada. Saiba quais são os dias e os horários em que você vai postar. Planeje também a linguagem a ser utilizada. Cada marca tem um jeito próprio de falar com seus fãs. Escolha o seu.

2. Ignorar as estatísticas

Cada vez mais, as redes sociais oferecem estatísticas para mapear seu público. Analisando os resultados das interações, você é capaz de entender o comportamento dos fãs e identificar que tipo de conteúdo agrada mais cada segmento do seu público.

3. Pensar só nos números

Como mencionamos, os números são importantes. Só que eles não são tudo. Pessoas de verdade são bem mais complexas que estatísticas. Por isso, converse com seus fãs, tire dúvidas, faça comentários. Torne sua comunicação individual e personalizada.

4. Ser grosso com os “haters”

Os “haters” são aqueles usuários que aparecem falando mal da marca — eles são mais comuns do que parece. Não é nada pessoal contra você. Por isso, seja educado como você seria normalmente. Essa é a melhor forma de reduzir os comentários indesejados.

5. Querer falar com todo mundo

Quando uma marca tenta se comunicar com todos, acaba não engajando ninguém. Tenha claro com quem falar e quais assuntos abordar. Não se sinta mal por deixar outros temas de lado. Na verdade, isso é bom para evitar que os perfis fiquem confusos.

Leia também  Como usar e-books para captação de leads?

Nossos cursos indicados

6. Usar a mesma estratégia para todas as mídias

Se você está usando exatamente as mesmas postagens em todas as mídias, é hora de repensar o trabalho. Cada rede social têm suas características. Por exemplo: o LinkedIn é mais formal e focado em trabalho, já o Facebook permite postagens mais descontraídas. Encontre o tom ideal para cada uma delas.

7. Postar só para “cumprir tabela”

A partir do momento em que você decide trabalhar o social media marketing, é preciso pensar com carinho no que será postado. Não adianta fazer posts apenas para marcar território. Você precisa ser relevante e interessante se quiser se destacar em meio à concorrência.

8. Deixar tudo no automático

Hoje, existem ferramentas para programar postagens e isso é sensacional! Mas não esqueça que você precisa monitorar as interações e responder a comentários, já que o computador não será capaz de fazer isso sozinho.

9. Querer manipular resultados

No social media marketing, tudo precisa ser transparente. Foi-se o tempo em que as marcas se escondiam das críticas e das reclamações. Hoje, se você quiser conquistar a confiança do público e atrair clientes, deve se comunicar de forma clara e verdadeira.

Como você viu, a comunicação entre empresas e potenciais clientes nunca foi tão próxima e instantânea. Com isso, ter uma estratégia de social media marketing se tornou fundamental. E mais do que fazer por fazer, é importante que as marcas saibam quais cuidados tomar para evitar erros.

Se você gostou deste conteúdo, deixe seu comentário abaixo. Queremos ouvir sua opinião!

 

[epico_capture_sc id=”2245″]