Blog do MX Cursos

4 conhecimentos básicos de design para programadores

4 conhecimentos básicos de design para programadores

Todo profissional que trabalha com design ou programação certamente conhece a histórica rivalidade entre os dois campos: designers são alvo de brincadeiras por serem muito apegados a detalhes visuais, enquanto os programadores são perseguidos por sua aparente falta de habilidade em criar interfaces bonitas.

Mas é bom ter em mente que saber integrar as duas disciplinas é essencial para o programador que quer se destacar. Por isso, preparamos um guia com 4 conhecimentos de design para programadores neste post. Confira!

1. Antes de tudo, mude o seu mindset

As duas profissões costumam ter modos diferentes de ver e pensar o mundo e o seu trabalho. Enquanto designers tendem a projetar pensando em aspectos estéticos e de interface, programadores são ensinados a criar códigos que sejam robustos e eficientes, trazendo o maior número de informações possível no menor espaço, mesmo que, para isso, a aparência tenha de ser um tanto sacrificada.

É necessário, portanto, mudar a maneira de pensar a programação. O avanço técnico e a concorrência podem facilmente fazer com que um sistema eficiente, porém, feio e de usabilidade difícil, perca mercado para sistemas inferiores tecnicamente, mas mais ajustados em experiência de usuário. Hoje, sistemas precisam ser funcionais e, sem dúvida, bonitos.

2. Harmonize-os

De nada adianta colocar toneladas de informação textual no seu trabalho se elas estão desorganizadas, sem hierarquia e criando poluição visual: desse modo, você acaba afastando qualquer potencial usuário do seu produto. Criar um layout harmônico e bonito é fácil: para sites, existem frameworks como o Bootstrap, por exemplo.

Caso você queira criar algo do zero, leve em consideração algumas regras gerais: disponha as informações em grids; deixe margens generosas entre blocos de conteúdo; destaque o que é mais importante em tamanhos maiores ou cores diferenciadas.

3. Entenda que menos cores é sempre melhor

Todo designer já decorou a máxima da sua profissão, aquela que diz que menos é mais. Embora pareça repetitiva, ela faz toda a diferença, especialmente quando o assunto é o uso de cores. Quando for colorir seu trabalho, tente usar um número reduzido de tonalidades, três ou quatro são o ideal. Mas quais cores escolher?

Leia também  6 tendências de design para logos

Nossos cursos indicados

Círculos cromáticos, como o Adobe Color, podem ajudar na sua missão. Use essa ferramenta prática e gratuita para definir a sua cor de base juntamente com as complementares e semelhantes. Teste várias combinações de cores, tons e monte uma paleta implacável!

4. Simplifique o desenvolvimento

Um dos erros mais comuns de programadores é criar sistemas ou sites “truncados”, nos quais a navegação é ruim, ou o ambiente não é amigável ao usuário, por exemplo. Com o design, é possível descobrir tendências, como o design responsivo, que prima pela construção de layouts adaptáveis a quaisquer dispositivos.

Simplify developmentOutra coisa que podemos aprender é a simplificação de processos: quanto menos tempo o usuário gasta em login ou criação de cadastro, maior é a chance de atração e fidelização a seu site ou software.

Hoje, a gente viu alguns dos conhecimentos de design para programadores que podem agilizar o seu trabalho diário e tornar o resultado mais atraente tanto visualmente quanto no âmbito da experiência de interface. Em tempos de multidisciplinaridade, integrar o design na sua prática de programação é um diferencial e tanto a seu favor!

Gostou das nossas dicas? Ficou interessado em abrir mais a cabeça para o design? Então confira alguns cursos nessa e em outras áreas no cardápio da MX Cursos!

O MX Cursos já está na Black Friday.