Blog do MX Cursos

3 formas de recuperar a senha do Admin no WordPress

Quem nunca esqueceu uma senha de acesso? Com tantos serviços para administrarmos e regras diversas para criação de senhas, é comum termos que utilizar algumas senhas distintas, principalmente no WordPress.

E é aí que mora o perigo. Perder a senha é comum, acredite. E mais comum ainda é não conseguir recuperá-la.

Na maioria dos serviços, recuperar a senha é bem simples e prático. Basta clicar no link “Esqueceu a senha” e pronto.

Mas e quando você não sabe qual e-mail cadastrou para resgate da senha? E pior, e quando você sequer sabe quem criou aquele acesso?

Isso também é comum no WordPress. Muitas vezes temos que administrar sites ou blogs em WordPress que sequer fomos nós que instalamos, como o caso crasso do funcionário que instalou o WP e foi demitido, deixando pra trás uma série de enigmas para que o próximo colaborador possa desvendar.

Neste artigo, listo 3 maneiras bem simples de recuperar sua senha no WordPress.

Continue lendo.

Link de recuperação

Pode parecer óbvio e talvez sequer tenha sentido por conta de sua expectativas neste artigo, mas a recuperação padrão do WordPress é o primeiro passo para que você tente recuperar a senha.

Nossos cursos indicados

WordPressQuando você tenta fazer a recuperação, o WordPress te pede o e-mail e a senha. Possivelmente você não saberá o e-mail, mas entendendo que o “admin” é geralmente um usuário padrão criado na instalação do sistema, basta inserir user no campo e solicitar a recuperação da senha.

WordPress2

Assim que você solicitar a recuperação da senha, o sistema enviará a recuperação da senha para o e-mail cadastrado e relacionado a este usuário.

Dessa forma, você poderá conferir nas caixas de e-mails principais da empresa se essa recuperação foi enviada.

Mas dependendo do cenário, isso poderá não resolver o problema.

Dessa forma, você poderá passar para a próxima forma.

Usando o functions.php

Uma forma simples de recuperar a senha do WordPress é inserindo um código no arquivo functions.php do tema usado.

Para ter acesso a esse arquivo, conecte-se via FTP ao servidor onde o WordPress está instalado, de preferência usando um editor de códigos como Coda, Brackets, Aptana, Sublime, Notepadd++, entre outros.

Acesse o caminho: www/wp-content/themes/tema_usado/functions.php

Iremos usar a função wp_set_password(‘string’, uid), que é uma função do WordPress usada para definir o “string” como senha de acesso para o usuário cujo ID de usuário é “uid”.

Na linha seguinte da tag de abertura do PHP insira o seguinte código abaixo:

wp_set_password ('suanovasenha', 1);

Altere “suanovasenha” pela senha que deseja usar. O número “1” é usado para alterar a senha do super usuário, que geralmente é o “admin”.

WordPress_recuperando_senha

Salve o arquivo, envie-o para o servidor e abra o login do WordPress através do caminho”www.seusite.com.br/wp-admin ou www.seusite.com.br/blog/wp-admin (ou no caminho que seu blog WordPress esteja instalado).

Antes de inserir o nome de usuário e senha, entre novamente no arquivo functions.php e remova o código que você acabou e inserir (isso mesmo, pode fazer isso 🙂 )

Posteriormente, insira o usuário “admin” e a senha que você acabou de setar no funcions.php.

Em quase 100% dos casos, há êxito, mas devemos considerar algumas questões.

Quem instalou o WordPress pode não ter criado o super usuário como “admin” e sim escolhido o próprio nome.

Caso isso tenha ocorrido, você terá duas opções:

  1. Chorar 😛
  2. Entrar nos post ou páginas criadas e verificar se aparece o nome do autor que postou. Tendo essa informação, você poderá testar esse nome de usuário, mas torça para que o usuário tenha usado o nome de perfil como o mesmo nome do usuário, pois é possível usar um nome de usuário e um nome de perfil distintos.

Outro ponto a se considerar é que mesmo que você não tenha os dados de FTP do servidor e sequer os dados de acesso ao Host, é possível recuperá-los entrando em contato com a empresa que hospeda seu site.

Se você também não soube onde o site ou blog está hospedado, acesse o registro.br e acesse o serviço de Whois. Insira o endereço do seu site ou blog e clique em “consultar”.

Nos resultados, você terá uma lista de informações sobre o domínio e uma dessas informações é o servidor DNS.

No exemplo abaixo, fica nítido que o site está hospedado na Hostgator, não é mesmo?

dns2

Caso os DNS’s não indiquem o nome da empresa, copie e efetue uma busca no google que fatalmente você encontrará a empresa.

Mesmo que depois disso você não consiga recuperar a senha, existe ainda uma outra possibilidade.

Recuperando senha do WordPress pelo banco de dados

Se você conseguir os dados de conexão FTP ao servidor, você poderá acessar o arquivo wp-config.php que fica situado na raiz da instalação.

WordPress_wp-config

Ao abrir esse arquivo, você terá acesso aos dados de conexão dessa instalação com o banco de dados onde o WordPress foi instalado.

Caso o item “nome do host do MySQL ” esteja como Localhost, conforme imagem acima, você terá que entrar em contato com o host que o site está hospedado solicitando o acesso ao servidor de banco de dados onde seu site está hospedado.

Dependendo do host, esse caminho já poderá estar setado ao invés do “localhost”.

Dessa forma, basta copiar esse caminho e colar no navegador. Ele já pedirá o usuário e senha, que são os campos setados nessa mesma imagem acima em “Usuário do banco de dados MySQL” e “Senha do banco de dados MySQL” respectivamente.

Inserindo o usuário e senha descritos no wp-config.php, você entrará no phpMyadmin que é o gerenciador do banco de dados onde o WordPress está instalado.

Clique sobre o banco que o WordPress está instalado e sem seguida, clique sobre a tabela “wp-users”.

wp_users

Edite essa tabela e no campo “user_pass”, você poderá efetuar a alteração da senha.

Posteriormente, procure pelo super usuário, no caso, “admin” e clique em “edit”.

wp_users_edit

Ps: Ocultei os dados de “user_pass” por questões de segurança, claro!

Você poderá ver e até mesmo alterar também o nome do usuário do super usuário, lembrando que seu ID é sempre o número “1”, portanto, caso tenham outros usuários, altere apenas o super usuário.

wp_users_nova_senha

Mas antes de inserir a senha, na coluna “Funcion”, selecione “MD5”

wp_users_md5

Feito isso, clique em “go” e abra novamente o login de acesso do seu blog ou site.

Insira o nome de usuário e a senha nova criada e voilá.

Acesso recuperado!

Espero que esse artigo ajude-o!

Dúvidas? Poste um comentário abaixo.

Gostou do artigo, compartilhe com seus amigos!

Abraços e até a próxima.